6. Visão e Memória Imagéticas de Florence

Região do Rio Paraguai, Índios Guatós

Região do Rio Paraguai
Índios Guatós

O estilo descritivo de Hércules desvenda as mais específicas características do objeto ou da pessoa que descreve. É característico de um olhar analítico, e ao mesmo tempo, de uma memória imagética prodigiosa. Seu detalhismo pode ser apreciado em textos como Urubutinga (ave), Salto de Avanhandava , Monjolo, e muitos outros. O preciosismo de detalhes parece que já é uma manifestação intuitiva do olhar fotográfico que antecedia o invento da fotografia. Estava presente ali o desejo de fixar com exatidão as características das paisagens, pessoas, animais, objetos, árvores.

Graciosos Caprichos

A sua descrição "clínica" deixava, por vezes, escapar manifestações de ternura ou rejeição: equivalente ao predomínio da subjetividade sobre o objeto. Assim, reclamava do inferno que eram os mosquitos atacando a todos, em noites, à margem do Rio São Lourenço, enquanto detalhava a beleza desmesurada de alguma paisagem da Chapada dos Guimarães, em que não deixava de levar em conta sua vastidão:

"Um pintor que não tenha contemplado painéis feitos pela mão dos mestres poderia, parece-me, na composição de seus quadros, aprender com a natureza. A paisagem que ante nós se desdobrava não mostrava muitas vezes senão um horizonte acanhado, entretanto aí afigura-se-nos que da sua parte houvera desejos de não desviar a atenção de algum de seus graciosos caprichos, formados também pelo acaso para terem mais originalidade."

Dom de sentir

E descrevendo suas emoções diante da maravilha das paisagens, sente-se incapaz de comunicar tanta beleza:

"Sei que não passo de um escrevinhador sem letras, cujos escritos não hão de ver a luz da publicidade, mas se a natureza tudo me negou, por que me concedeu o Dom de sentir com tanta força?"

Monjolo

Ele que já havia criado máquinas mais sofisticadas (nória hidrostática) desdenha o Monjolo, de fabricação rústica, do interior do Brasil:Mas não deixa de mencionar todas as características técnicas, função, produtividade.

"a máquina mais estúpida que jamais foi inventada e que é de uso no interior do Brasil para com o emprego da água pilar o arroz e milho".

Palmeiras

Desenho em um dos Manuscritos de Hércules Florence

Desenho em um dos Manuscritos de Hércules Florence

"A tarde variou o panorama. Não era mais uma paisagem avivada alegremente por maciços floridos, mas um quadro grandioso. Cortamos (passamos por) florestas de guacuris, coqueiros de grosso caule, folhas compridas, espessas e curvas em arco de círculo. Os folículos inferiores de umas, encontravam-se com os das outras, formavam abóbadas, cujas colunas eram os troncos das palmeiras."

Sobre as palmeiras Guacuris teve idéias de grandiosidade, pois remetiam a conceitos de uma possível arquitetura brasileira:

Essa observação sobre as Guacuris será mais tarde tomada como fundamento para a construção de sua "Ordem Palmiana", ou seja, uma arquitetura em que as palmeiras seriam modos de estruturas (colunas) e formas arquitetônicas. E, acrescenta a comparação da palmeira com a arquitetura gótica.